internationalmba@fia.com.br +55 11 3732-3520 | +55 11 3732-3527 +55 11 98697-3581

03 jun 2022

Professor Dumas discute sobre as “Perspectivas da Economia” em evento da Profuturo FIA

Por Maria Eduarda Leal, Marketing Profuturo FIA

 

No evento realizado em 02/06 pelo Profuturo FIA Business School, o Professor Roberto Dumas, discutiu sobre as Perspectivas da Economia, as quais precisou analisar diversos pontos como: importação e exportação, emprego e desemprego, inflação, PIB e a Guerra da Ucrânia e Rússia. A partir dessas análises, Dumas realizou projeções sobre o futuro da economia do Brasil em 2022, além de analisar também a economia dos Estados Unidos, a economia da China e o impacto em todo o mundo.

 

Sendo assim, a partir da avaliação do cenário atual, o Professor mostrou que PIB dos EUA no primeiro trimestre de 2022 teve uma queda de 1,4%, devido aos impactos das altas importações no país, isso ocorreu pois nos últimos 12 meses a inflação subiu. Nos Estados Unidos, a abertura de empregos ultrapassa o número de pessoas desempregadas em 5.6 milhões.

 

Já a economia da China, com relação ao PIB, os investimentos cresceram 8% de 1990 a 2007, passando de 36% para 44%, ao mesmo passo que o consumo caiu 14%, passando de 49% para 35%. A partir de 2007, quando o PIB da China atingiu um pico 14,2%, ele só vem caindo, permanecendo por volta de 6%. Desde 2011 o custo da mão de obra tem subido acima da produtividade dos trabalhadores. Em 2021 o crescimento da economia chinesa aumentou pouco mais de 8% com relação ao ano anterior. 

Considerando a economia do Brasil, o país teve uma crescente no PIB em 2021 de apenas 1,3%, até o primeiro trimestre de 2022 a inflação estava atingindo 9%, tendo como vilões, como mostrado pelo Professor Dumas, a gasolina, a energia elétrica residencial, o etanol, o botijão de gás, o diesel, alimentos e bebidas, as carnes, o gás encanado e o açúcar refinado. Dumas ainda explicou que, em 2020 e 2021, no Brasil, as classes de possuem renda de até 2,5 salários mínimos a inflação chegou a atingir até 16%, já as classes acima a inflação chegou a atingir de 13,4% a 15,5%. O Professor mostrou que a taxa de desemprego no Brasil se manteve 11.1% no primeiro trimestre de 2022, porém, o salário caiu 11.4% em um ano, tendo queda de 7.9% apenas nesse primeiro trimestre.

 

Com isso, Dumas analisou as projeções para o futuro da economia no Brasil e ele prevê que o PIB de 2022 não deve ultrapassar 1.2% e a inflação deve fechar o ano entre 9 a 9,5%. Para ele, as eleições deste ano devem influenciar no aumento do juros da inflação e possivelmente até o fim do ano o país estará com o PIB negativo.

 

Ele ainda acredita que a Guerra da Ucrânia e Rússia não deve acabar tão cedo. Com relação aos EUA, a curva de juros deve continuar subindo com uma possível depressão cambial.


Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.